comercial@zinecultural.com     Fone/WhatsApp: (32)98442-2400

Investir na marca ou vender mais: o que vem primeiro?

Essa é uma pergunta frequente entre aqueles que querem começar a investir na marca. E aí, o que vem primeiro? Marketing ou vendas? A gente responde no artigo!

Essa parece ser uma daquelas perguntas quase impossíveis de chegar a uma conclusão, como a famosa “quem veio primeiro, o ovo ou a galinha?”. Afinal, para vender mais, é preciso investir em marca. Mas, para turbinar sua imagem, é necessário o aporte financeiro que vem das vendas. Entretanto, o marketing digital conseguiu acabar com esse paradoxo! Agora, é necessário muito menos investimento e o que passa a valer, mesmo, é a sua estratégia.

Então, a resposta para a pergunta que o trouxe até este artigo é: investir em marca, sem dúvidas, é o primeiro passo para quem quer apresentar ― ou solidificar ― sua imagem ao público. Bom, mas só saber isso não ajuda em muita coisa, certo? Por isso, recomendamos que você continue a leitura! A seguir, vamos mostrar o porquê e como fazer isso! Acompanhe!

Marketing digital: as possibilidades de investir em marca na internet

Segundo uma pesquisa da Harvard Business Review, o Brasil é 35º melhor país para fazer negócios on-line e, para 2020, a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico previa uma movimentação de R$ 106 milhões. Ainda é cedo para saber os números finais do ano que passou, mas existem poucas dúvidas sobre o atingimento dessa meta. A grande catalisadora dessa mudança, claro, foi a crise provocada pelo novo coronavírus, que obrigou muitas empresas a entrarem no mundo virtual para manter os resultados.

Parece contraditório investir em marketing, justamente, em um momento de retração? Pois saiba que não existe hora certa ou errada para estar junto ao seu público! Ainda mais agora, com a expansão das mídias digitais e as novas possibilidades de divulgação da sua marca. Hoje, os canais são muitos e isso rompe as barreiras que o impediam de conversar com quem importa para o seu negócio. O Sebrae elencou as 10 principais tendências em marketing digital e, entre elas, algumas opções que viemos frisando há algum tempo.

Marketing de performance

Aqui, todas as ações são orientadas para resultados. Sabemos que parece loucura pensar que há quem invista em marketing e não tem a venda como principal objetivo. Mas ainda tem muita gente pensando que ter presença on-line é, simplesmente, criar uma conta business no WhatsApp ou Instagram.

No marketing de performance, é preciso muito mais que isso! Lembra que falamos, lá no início deste texto o que importa, mesmo, é a sua estratégia? Só que ela precisa ser acompanhada de perto, ter suas ações mensuradas e adequadas instantaneamente. Uma publicação não está performando como você esperava? Sem problemas! No marketing digital tudo pode ser ajustado assim que o baixo desempenho for percebido.

No artigo, Motivos para investir em marketing de performance a gente te conta todos os detalhes dessa estratégia. Lá você, também, encontra cases que mostram como os resultados são obtidos quando se foca neles!

Leia o Artigo

Marketing de influência

Atrelar a sua marca a um influencer pode ser uma ótima ideia e vários negócios já ganharam muito com isso. Mas, também, exige muito cuidado. Ainda mais nesse momento de revolução no comportamento do consumidor, que está mais ligado emocionalmente às empresas e às ideias propagadas por elas.

Então, é preciso conhecer alguns detalhes sobre o influenciador que deseja contratar. Além de, claro, saber, com exatidão, quem é o seu público. Outro ponto importante é: o conteúdo dele conversa com a sua audiência? Se você quer saber mais sobre como o marketing de influência pode ser uma ótima chance para investir na sua marca, nós temos uma publicação imperdível.

Leia o nosso post O que você precisa saber antes de contratar um influenciador digital. Mais que dicas, lá você confere um case que mostrou a força de uma estratégia de influência!

Leia o Artigo

 

Marketing de conteúdo

Este artigo é um ótimo exemplo de ação de marketing de conteúdo. Na verdade, as duas modalidades apresentadas acima, podem trabalhar perfeitamente em sincronia com essa estratégia. Aqui, a ideia é conquistar o seu público por meio de material rico, interessante e que, de fato, agregue algo ao leitor. Um blogpost, um vídeo, uma publicação no Facebook ou Instagram, tudo faz parte desse tipo de investimento em marca.

Ao produzir conteúdo, o seu negócio aumenta exponencialmente as chances de interação com o público. Além do mais, é uma forma muito mais barata de marketing que os meios tradicionais. A grande sacada, como em qualquer ação de investimento em marca, está em saber com quem falar. Sem esse alinhamento, muito investimento pode ir por água abaixo.

Em 2020, o Zine Cultural viu sua audiência subir 150%. Entre janeiro e outubro, o site contabilizou mais de 2,5 milhões de usuários. Conheça o perfil do público do Zine neste infográfico!

Veja o Perfil de Público do Zine

Zine Cultural: o parceiro certo para investir na sua marca em Juiz de Fora

Agora você já entendeu como investir na marca é o primeiro passo para vender mais e que existem diversas formas de fazer isso, certo? A pergunta que fica é: como iniciar esse trabalho? Bom, contar com parceiros reconhecidos pelo público e com credibilidade junto aos anunciantes é um ótimo começo.

Hoje, o Zine Cultural se mostra como uma das melhores opções em anúncios na região. Na verdade, nosso alcance vai muito além e somos acessados por mais de 1.300 cidades no país! Mas é aqui, em Juiz de Fora, que os resultados mostram a força de contar com um parceiro que, há mais de 20 anos, faz parte do dia a dia dos juiz-foranos! Neste link, você encontra alguns dos nossos maiores cases.

E aí, pronto para investir na marca e, assim, ver suas vendas crescerem? Então, entre em contato com o Zine Cultural e converse com um de nossos consultores!