comercial@zinecultural.com     Fone/WhatsApp: (32)98442-2400

O que você precisa saber antes de contratar um influenciador digital

A influência digital é um mercado que cresce a cada ano! Mas, antes de contratar um influenciador para representar o seu negócio, você precisa ler este artigo!

A palavra influencer pode ter entrado no seu vocabulário há pouco. Mas, com certeza, esses formadores de opinião já estão presentes na sua vida há algum tempo! A publicidade sempre se utilizou da imagem de celebridades atreladas às marcas. Os chamados “testemunhais”, onde as estrelas afirmavam, veementemente, usar certo produto sempre tiveram força junto ao público. Mas a internet trouxe para os holofotes a influência digital, que abriu espaço para que pessoas, até então, desconhecidas, atraíssem a atenção do público ― e, claro, alguns milhões de seguidores.

Esse movimento não passou despercebido pelas empresas. Hoje, contratar um influenciador digital já não é exclusividade dos grandes anunciantes e movimenta um mercado bilionário! Um artigo da Forbes projetou que será investido nesse tipo de marketing algo entre US$ 10 e US$ 25 bi, só em 2020!

Como este ano ainda não acabou, não dá para saber se essa estimativa se cumpriu. Porém, dados recentes apontam que, sim, a influência digital tem cada vez mais relevância, como os apresentados pela Statista. Segundo a empresa, uma das principais referências em estatísticas do mundo digital, o mercado de influencers movimentou US$ 2,38 bi no ano passado.

Certo, mas se você chegou até este artigo é porque já tem noção da força que contratar um influenciador digital pode agregar à sua marca. Então, vamos ao que o trouxe aqui: o que saber antes de investir na influência digital. Vem que a gente te conta!

3 pontos de atenção ao contratar um influenciador digital

As opções são muitas e, ao que parece, não existe segmento que não possa ser explorado em uma estratégia que envolva a influência digital. Mas, claro, existem alguns que se destacam. De acordo com o Ibope Inteligência, os conteúdos que os seguidores entre 16 e 24 anos mais buscam são:

Conteúdos que os seguidores mais buscam.

 

Enquanto isso, os usuários acima de 35 anos, mostram interesse por publicações relacionadas à saúde (35%). E, entre o público feminino (que representa 41% dos internautas), gastronomia e culinária são as queridinhas de 30%.

Agora, independente da idade, uma coisa é fato: o conteúdo precisa ser relevante. Foi o que disse 74% dos internautas quando perguntados sobre os motivos que o levam a seguir a um influenciador. E, aqui, está o nosso ponto de atenção número 1.

1. Conteúdo

Fique atento ao conteúdo que é compartilhado! Quando se contrata um influenciador digital, você está contratando uma pessoa. Ela tem opinião, comporta-se de determinada maneira e pulveriza muito conteúdo que o público (dela!) curte. Mas… será que isso tem a ver com a sua marca? Não foram poucas as empresas que já se viram em apuros junto aos consumidores por conta de ações do influencer que a representa, então, melhor prestar atenção nesse ponto!

2. Afinidade com o público

O influencer fala a língua dos seus consumidores? Se você ficou em dúvida na hora de responder, é melhor repensar a sua escolha. Afinal, de nada adianta contratar um influenciador vegano para falar sobre as delícias da sua churrascaria! Quem o segue, não se interessa pelo seu produto e, quem pode se interessar, dificilmente estará entre os seguidores dele. É claro que esse é um exemplo um pouco exagerado, mas o que queremos é chamar a sua atenção para um ponto fundamental de qualquer estratégia de marketing: conheça o seu público e saiba do que ele gosta!

 

VEJA PERFIL DE PÚBLICO

 

3. Influência

Parece meio óbvio, não é? Mas a gente garante que não é tão simples assim. Isso porque ter influência é bem diferente de ter vários seguidores! E, aqui, está o pulo do gato: influencers locais, que recomendam lugares e estabelecimentos próximos de você, talvez, sejam muito mais efetivos que as grandes estrelas do Instagram.

 

Case: veja como a influência digital do Zine levou ao recorde de vendas de um dos nossos parceiros

Você sabia que empresas também podem ter grande influência digital? O Zine Cultural é bom exemplo! Com conteúdo relevante e feito sob medida para o nosso público, registramos um crescimento de 150% em 2020 ― isso que o ano ainda nem acabou!

Olha só o que fizemos junto ao The Dogs, de Juiz de Fora.

Em 9 de setembro é comemorado o Dia do Cachorro-quente. Bom, se a data é novidade para você, acredite: os juiz-foranos, agora, já a têm anotada no calendário! O The Dogs tinha o desafio de comunicar esse dia e fazer dele uma grande atração no seu planejamento comercial. Para isso, ofereceu 20% de desconto em qualquer hot dog do cardápio e, ainda, realizou o sorteio de brindes.

A ação tinha tudo para dar certo. Mas por onde começar a divulgar? Foi quando o Zine Cultural entrou nessa história! Olha só o que fizemos, em parceria com o cliente, para promover o Dia do Cachorro-quente no The Dogs!

  • Produzimos um blogpost indicando os 10 melhores lugares para comer cachorro-quente em Juiz de Fora, com destaque especial para o The Dog ― dê uma olhada no artigo neste link.
  • Junto ao cliente criamos um calendário editorial, na semana anterior à promoção, gerando conteúdo relevante sobre o tema em todos os canais.
  • Gravamos um vídeo incrível mostrando os “recebidinhos” que ganhamos do cliente, veja aqui!
  • Publicamos diversos posts sobre o assunto nas nossas redes sociais.
  • Sorteamos um combo The Dogs via Instagram.

E o resultado não poderia ser melhor!

  • O blogpost recebeu 409 visualizações.
  • Já as histórias nas redes sociais somaram 6.481!
  • Registramos 11.685 pessoas alcançadas e 1.737 participações no sorteio.
  • E, por último, e mais importante: no dia da ação, o The Dogs registrou recorde de vendas! Nesse dia, os pedidos foram esgotados!

Mas, ninguém melhor para contar como foi o desenvolvimento dessa ação se não ele: o cliente! Com a palavra, Rafael Salgueiro, do The Dogs:

Rafael Salgueiro, sócio do The Dogs

“Nossa principal dificuldade era firmar o Dia do Cachorro-quente como uma data comercial e conhecida pelo público, assim como acontece com o Dia da Pizza, por exemplo. Mas, para isso, não podíamos apenas lançar uma promoção! O The Dogs é diferente, feito com produtos exclusivos e artesanais. Precisávamos ir além e fazer algo à altura do nosso negócio.

A criação da campanha foi conjunta e o intercâmbio de ideias, entre nós e o Zine, na criação da estratégia fez toda a diferença.

Então, elaboramos toda uma preparação até a revelação da promoção. As mídias do Zine, atreladas à estratégia em nossas redes sociais, provocou um grande congestionamento de pedidos assim que o The Dogs abriu. Foram mais de 100 pedidos e o sucesso foi tão grande que estendemos a duração em um dia, a fim de atender quem não conseguiu receber o hot dog no dia 09.

O Zine é superparceiro e aberto às ideias e propostas dos clientes! Essa customização deixa a criação muito mais dinâmica. Eles nunca são ‘engessados’ a formatos pré-determinados de mídia! Isso faz total diferença!”

Já imaginou sua marca alcançando esses números e conseguindo um resultado assim? Então, está na hora de conhecer o Zine Influencer! Com ele, projetamos a publicação no nosso site, o que amplia, e muito, o seu alcance! No Instagram, seu negócio vira destaque, o que permite uma ação por tempo maior que nos stories. Além disso, contamos com uma equipe fera de apresentadores que dará a exclusividade que você precisa ao seu conteúdo.

Confira outros cases que já fizemos para grandes marcas neste link!

Agora, quer saber se o Zine Cultural conversa, também, com o seu público? Confira o infográfico que preparamos mostrando qual o perfil dos usuários do Zine Cultural!

VEJA PERFIL DE PÚBLICO